Final de ano, e agora? Confira todos os detalhes do fechamento anual na sua empresa

Tempo de leitura: 5 minutos

Final de ano, e agora? Confira todos os detalhes do fechamento anual na sua empresa

Com o fim do ano de 2021, várias empresas brasileiras precisam se organizar para objetivos diversos, como: (1) vender mais, (2) recompensar e motivar a equipe para o ano que se inicia e ainda, (3) organizar todos os detalhes administrativos e contábeis do fechamento anual, ou balanço de resultados da empresa. No entanto, para dar conta de todas essas atividades é preciso entender ponto a ponto cada um desses objetivos. Aqui neste texto, vamos te ajudar a compreender melhor quais são os detalhes do fechamento anual voltado para a área financeira. Vamos em frente, porque 2022 está batendo na porta.

O que é o fechamento anual?

Ao longo das atividades desempenhadas em uma empresa, seja ela do segmento varejista, prestadora de serviços e outros modelos de negócio que envolvem a troca comercial, é necessário realizar o registro contábil de tudo aquilo que gera receita para a empresa (ou seja, aquilo que é vendido). 

Ocorre que, no Brasil, alguns impostos são recolhidos a partir dessa venda, e por isso tudo precisa estar bem documentado. O principal imposto envolvido na comercialização de produtos/mercadorias/serviços é o ICMS, que significa Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços. Este imposto é estadual, ou seja, cada unidade da federação vai ter uma legislação específica, de modo que o ICMS pode variar. 

Em contrapartida, tudo aquilo que representa um gasto, despesas fixas e outras, precisam ser registradas. Nessas operações, temos o fechamento de caixa – que é uma operação feita diariamente. A partir dessa operação, a equipe pode realizar, mensalmente, um fechamento mais amplo, verificando o volume do estoque e outros detalhes que vão preparar a empresa para o mês que se inicia.

Pela legislação brasileira, o período de 1º de janeiro até 31 de dezembro compreendem ao ano fiscal, portanto isso significa que durante todo este período a empresa precisa manter seu gerenciamento contábil em dia. Isso significa seguir as etapas de fechamento diária> mensal> trimestral> anual. Se você quiser conferir na íntegra os detalhes da legislação contábil brasileira, clique aqui.

O que precisa estar dentro do fechamento pela legislação?

Dentre os itens que precisam fazer parte do fechamento anual, podemos citar: 

Balanço patrimonial

Esta talvez seja a operação mais importante voltada à contabilidade de uma empresa, afinal, com o balanço patrimonial é possível ter uma noção completa da situação financeira da empresa. De uma forma geral, os pilares do balanço patrimonial vão olhar para: (1) os ativos da empresa; (2) os passivos (despesas, gastos e dívidas) e ainda (3) o seu patrimônio líquido. Para realizar esse balanço, é indicado que a pessoa conte com um profissional da área, para se certificar que nenhum dado foi deixado de lado na hora do cálculo.

Demonstração do resultado de exercício (DRE)

Junto ao balanço patrimonial, é necessário que a empresa faça a DRE, que pode ser resumida em uma espécie de fechamento/relatório voltado para as operações da empresa, ligadas à geração de lucro ou de prejuízo. No entanto, a DRE possui uma especificidade, que é a necessidade de ser confeccionada por um profissional habilitado pelo Conselho Regional de Contabilidade (CRC). No entanto, ter a DRE em dia vai além da obrigatoriedade fiscal, já que ela também é um documento importante para a estratégia comercial da empresa. Por exemplo, se ela deseja abrir espaço para acionistas ou investidores, ou ainda, vender seu negócio, é preciso que a DRE seja apresentada de forma clara e demonstre como aquela empresa tem trilhado sua jornada na prática, e isso vai fazer toda diferença no valor negociado.

• SPED contábil 

A sigla SPED significa Sistema Público de Escrituração Digital e, na prática, funciona como uma espécie de software que é disponibilizado pela Receita Federal que organiza e padroniza as informações contábeis das empresas, para todas as informações contidas nos livros fiscais, comerciais, etc, possam ser analisadas pela receita. Para explicar de forma simples, podemos dizer que o SPED Contábil funciona como um banco de dados alimentado por cada empresa, que registra ali as transações referentes à contabilidade. 

Portanto, esses dados precisam ter datas, informações sobre as partes que estão participando dessa operação, sejam pessoas físicas ou jurídicas, além de documentos de registro e outros próprios da transação comercial. Assim, a Receita ganha mais agilidade para acompanhar e regulamentar o campo.

Fechamento de resultados

Deixando um pouco de lado os aspectos voltados às operações financeiras, o fechamento anual também colabora para uma avaliação interna das empresas, sendo muitas vezes utilizado para registrar o atingimento de metas, de objetivos e outros indicadores de desempenho. Assim, um fechamento anual também deve ser realizado para dar o suporte nas estratégias departamentais, envolvendo respectivas bonificações, premiações, etc.

No entanto, é importante dizer que o fechamento anual apresentará números valiosos para a estratégia. No entanto, a interpretação desses números fica à cargo das lideranças e das equipes, que de fato vão interpretar – até com base em uma perspectiva histórica dos dados – se aqueles resultados foram de fato positivos ou negativos. Além disso, as rotas e ações que precisarão ser feitas para lidar com esse fechamento também vão ser específicas em cada caso.

Planejamento estratégico

É claro que não podemos falar de resultados sem olhar para o planejamento estratégico da empresa e para isso, o fechamento anual é fundamental. É por meio dessa avaliação que a empresa terá condições mais palpáveis de olhar para o futuro e traçar as estratégias que precisa para chegar até ele.

Um exemplo: se uma empresa realizou o fechamento anual e percebeu um determinado aumento nas vendas em determinado período, pode redesenhar seu planejamento estratégico seguinte para tentar escalar esses períodos, fazendo com que eles sejam mais frequentes. 

Aqui no blog da Sfhera nosso time preparou uma trilha de conteúdos que pode te auxiliar a compreender melhor o universo financeiro e seguir com as operações necessárias para sua empresa virar o ano com tranquilidade.

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.