Indicadores de desempenho: saiba como utilizar essa ferramenta a favor do seu negócio

Indicadores de desempenho: saiba como utilizar essa ferramenta a favor do seu negócio

Tempo de leitura: 3 minutos

Engana-se quem pensa que só vender e estar com o caixa da empresa positivo é o bastante para comprovar o seu sucesso. Embora o lucro seja certamente importante, este é apenas um de um conjunto de indicadores de desempenho que existem para avaliar a performance de um negócio.

Gerar números é importante para alcançar as metas estipuladas. Mas, sem saber como interpretá-los adequadamente com os indicadores de desempenho, o estudo não estará completo. Conheça mais sobre este recurso e aprenda como utilizá-lo a seu favor.

O que são os indicadores de desempenho?

Os indicadores de desempenho são ferramentas usadas na gestão para dar fundamento às análises de resultados do negócio. Eles ajudam o setor administrativo da empresa a verificar o andamento das metas e coordenar a utilização adequada dos recursos.

É importante ressaltar que não são simples números, eles são números com um contexto por trás. Em outras palavras, eles não são analisados isoladamente, e sim comparativamente, usando outros dados e considerando a situação geral.

Por que os indicadores de desempenho são importantes?

De forma simples, são métricas que servem para conferir os resultados. Isto é possível porque existem diversos tipos, que permitem que você disseque o funcionamento de cada área da sua empresa.

Desta maneira, você pode ter uma visão de negócio do micro ao macro e, consequentemente, ser capaz de implementar estratégias mais assertivas. Identificar problemas, tomar melhores decisões e aumentar a produtividade são outros efeitos positivos que você ganha ao utilizá-los.

Quais são os principais?

Como mencionado anteriormente, existem indicadores de desempenho que atendem diversos setores da empresa. Um dos mais usados é o de lucratividade. Ele determina, em porcentagem, o quanto de lucro a sua empresa obteve em certo período ao dividir o faturamento pelas despesas.

Já o indicador de produtividade avalia aspectos como atividade dos funcionários ou funcionamento das máquinas. Com este, você pode saber que áreas estão com baixa performance e precisam de melhorias.

O indicador de ticket médio considera quanto cada cliente costuma gastar por compra. Já o indicador de turnover constata se a empresa possui alta rotatividade de funcionários. E o indicador de desempenho estratégico serve para observar os efeitos de cada decisão tática. Estes são alguns dos principais parâmetros usados pelas empresas.

Como escolhe, quais usar?

Cada empresa tem suas características. Por causa disso, os indicadores de desempenho ideais variam de negócio para negócio. É primordial considerar a capacidade de mensuração dos mesmos. Eles devem ser quantitativos e não qualitativos, então quanto mais simples e direto, melhor.

Além disso, considere as prioridades do empreendimento. Se a meta é aumentar o número de vendas, é interessante usar o índice de conversão, o CAC e/ou o ticket médio. Se o plano é melhorar a estrutura organizacional, indicadores de desempenho da equipe são mais adequados.

Como analisar os dados eficazmente?

Indicadores de desempenho requerem que os dados obtidos sejam claros, bem organizados e fáceis de serem interpretados. É essencial equilibrar a frequência da coleta e do estudo das métricas para ser capaz de implantar medidas corretivas rapidamente sem perder noção do longo prazo.

Uma vez que são informações impactam vários segmentos da empresa, ter um sistema integrado é peça chave para uma análise de dados correta e para a tomada de decisões coletivas. Um software de gestão empresarial auxilia tanto na coleta quanto na interpretação dos números, adicionando eficiência à solução de problemas.

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.