Cuidado pessoal: A primeira tarefa do Administrador hodierno

Cuidado pessoal: A primeira tarefa do Administrador hodierno

Tempo de leitura: 4 minutos

Administradores administram. Apesar de redundante, essa é a mais pura verdade. Porém, não basta que saibamos administrar organizações, temos que saber administrar algo ainda mais importante: nós mesmos. Você, administrador, realmente pode dizer que está administrando com zelo a sua vida e tudo que diz respeito a sua imagem pessoal?

Administradores administram. Básico. Fácil de entender. Redundante. Porém, não basta apenas sabermos que precisamos administrar. Temos que ter plena consciência de que nossa administração vai muito (muito mesmo!) além de 4 paredes. Administrar organizações pode ser nossa paixão máxima, contudo, não podemos nos esquecer jamais de que temos algo ainda mais importante para administrar: nós mesmos.

O bom administrador precisa administrar-se com maestria, zelo e muita dedicação. Você já deve ter ouvido algumas dessas frases: “Você é o que você faz”, “Você é o que você lê”, “Diga-me com quem andas e direi quem és”, “Você é o que você come”, “Você se torna naquilo que acredita que é”, dentre tantas outras. Eu acredito um pouco em cada uma dessas frases. Afinal, acredito que somos um misto de nossas escolhas, crenças, pensamentos, decisões, etc.

De que maneira as pessoas à sua volta enxergam você? É claro que não somos exatamente aquilo que as pessoas vêem, mas, de vez em quando passamos para as pessoas uma ideia errada de quem realmente somos. Cuidados com a alimentação, aparência visual, postura em reuniões, vocabulário, dentre outras áreas que merecem destaque, como: espiritualidade, por exemplo, ou mesmo família (já que se a minha casa está uma bagunça, possivelmente, isso vai aparecer na minha vida profissional cedo ou tarde), são cada vez mais observados e exigidos de todos os profissionais nos dias de hoje.

Cuide-se! Cuide-se mais! Cuide-se sempre! Você é o seu produto mais valioso. De nada adianta estar a frente de uma grande organização, sendo talvez o mais notável de todos os administradores que trabalham junto a você, se isso, de alguma forma, está prejudicando sua saúde, família, espiritualidade, etc. A vida é mais do que apenas uma jornada profissional. A vida é muito mais que isso! De vez em quando temos que abandonar as mesas de reunião para um momento em família. Falar menos de negócios e mais de lazer.

Quero terminar essa breve reflexão com algumas perguntas relacionadas a 3 áreas de sua vida. Se você me permite, claro. Responda para você. E, tente ser sincero. Tenho certeza que, dependendo das respostas, você terá ideias (como grande planejador que é) para mudar a situação (quer ela seja ruim) e melhorar a sua maneira de viver nessas áreas.

1) Saúde:

Quando foi a última vez que você fez um exame de rotina?
Quando foi a última vez que você foi ao dentista?
Você pratica esportes ou exercícios físicos?
Você se alimenta sempre no mesmo horário ou nunca tem um horário específico para se alimentar?
Você cuida mesmo da sua saúde?

2) Família

Você tem filhos? Planeja ter? Quando?
Você sai com seus filhos para passear no parque da esquina da sua casa? Ou qualquer lugar próximo à sua casa que você possa levar crianças?
Se eles já forem adolescentes, já tentou fazer alguma coisa com eles?
Você considera a família algo realmente importante? Como você demonstra isso aos seus familiares?
Que você passe mais tempo no seu local de trabalho do que em caso é algo natural. Mas, o tempo que você está em casa: você realmente está em casa ou a mente está no trabalho?

3) Espiritualidade

Em que você acredita?
Com que frequencia você pensa em assuntos espirituais?
Se você tem uma religião, quanto tempo faz que você não procuro conselhos “espirituais” para assuntos da vida?
Você se preocupa com a ética e a moral na sua maneira de proceder e nas decisões que toma diariamente?

Às vezes as respostas podem ser difíceis de se encarar (ou admitir). Mas, penso que, sempre que uma situação se mostra adversa diante de nós, temos a possibilidade de resolver se conseguirmos admitir que precisamos mudar. Algumas coisas são imutáveis, mas a grande maioria pode mudar à partir da transformação de nossos comportamentos. E, se tudo estiver satisfatoriamente bem, ótimo! Manter assim vai ser o desafio então. E que possamos vencer cada desafio que se apresenta a nós! Com a cabeça erguida e muita vontade de triunfar!

 

Fonte: Administradores.com

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.